faq
  1. Quanto custa instalar o sistema e quantas placas vou precisar?

A solução é dimensionada de acordo com o consumo de energia de cada cliente, a irradiação do local do imóvel, as características do telhado e a orientação das águas que serão utilizadas. O número de painéis será determinado após o dimensionamento do sistema e verificação das potências dos painéis disponíveis no mercado.

  1. Em quanto tempo recupero meu investimento?

O retorno do investimento é impactado por diversos fatores, como tarifa de energia, irradiação local, bandeiras tarifárias e custo do dinheiro utilizado para financiar o investimento.

  1. Se faltar luz, vou continuar gerando energia?

Não, o sistema fotovoltaico é conectado a rede, a ausência de energia desliga automaticamente o sistema por medidas de segurança. Esta solução visa o retorno financeiro, não a segurança de fornecimento de energia. Para isso se faz necessário o uso de bateriais.

  1. O que acontece se sobrar energia?

O excedente de energia, pode ser usado pelo cliente durante 60 meses, sendo que o crédito será acumulado em kW. Desta forma caso haja o aumento na tarifa de energia o cliente não é prejudicado.

  1. Existe necessidade de alguma manutenção mensal?

Não, apenas a limpeza periódica dos painéis e verificação dos disjuntores e protetores de rede.

  1. Tenho dois imóveis, posso instalar na minha casa ou empresa e abater também em outro imóvel?

Sim, é possível abater a conta de luz de vários imóveis que estejam dentro da mesma distribuidora de energia, sempre quando o titular das contas seja a mesmo CPF ou CNPJ.

  1. O sistema pode ser instalado no teto ou garagem da minha casa?

Sim, mas se faz necessária a avaliação estrutural para verificar se a estrutura suporta a carga do sistema e os esforços do vento na região.

  1. Quanto pesa cada placa?

O peso varia conforme a potência do painel, girando em torno de 22 kg para um painel de 2 m². O peso do sistema instalado será próximo de 17 kg/m².

  1. Qual o espaço que preciso para instalar as placas?

Cada painel mede 2 metros de comprimento por 1 metro de largura. A área ocupada será resultado do número de painéis e áreas de circulação que são deixadas para eventuais manutenções.

  1. Quando a instalação estiver pronta, será possível caminhar sobre as placas?

Não é possível, visto que causa o surgimento de microfissuras nas células fotovoltaicas, diminuindo sua potência gerada, vida útil e perda de garantia.

  1. Após instalação do sistema, em quantos dias vou estar gerando minha própria energia?

A vistoria pela distribuidora deve ser realizada em até 7 dias após a solicitação formal, conforme detalhado no  PRODIST 

(Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional).

  1. Preciso trocar o medidor de energia?

No momento da vistoria a distribuidora instala por conta própria um medidor bidirecional para medir tanto a energia injetada como a consumida pelo usuário.

  1. Qual a garantia dos equipamentos?

Geralmente para defeitos de fabricação são garantidos 10 anos para os painéis e 5 anos para os inversores. Além disso os painéis possuem uma garantia de performance onde geralmente é garantido 80% da eficiência original no ano 25.

  1. Existe algum selo de qualidade para as empresas fabricantes dos equipamentos?

Sim, no Brasil é obrigatório que equipamentos sejam certificados pelo selo INMETRO.

Além disso o selo “TIER 1” é utilizado por empresas de vendas de equipamentos de energia solar, classificando os fabricantes de painéis solares em termos de capacidade bancária, estabilidade financeira e garantia de permanência no mercado.